Reflexões matutinas



Mais uma semana inicia. Uma segunda-feira chuvosa. O despertador toca, mas a vontade é de permanecer na cama por mais algum tempo. A preguiça acumulada do final de semana, o barulho dos pingos da chuva batendo no vidro da janela e o quente das cobertas não me dão forças para levantar. Me permito mais meia hora de sono, um breve cochilo, ou mesmo um momento entre o dormir e o acordar, divagando sobre coisas da minha vida. Ali é tão aconchegante, diferente do mundo lá fora. Ele me assusta! Dificuldade de conseguir emprego, colegas de profissão nada confiáveis, pessoas invejosas, violência, desilusões amorosas... "Não quero sair daqui!" Mas é necessário! Não posso fugir da realidade e sim, enfrentá-la. Sinto muito medo, mas é nele que tento encontrar um pouco de coragem para sobreviver nesse planeta. Não é nada fácil, sei muito bem disso. Às vezes tenho vontade de desistir de tudo, me sinto completamente sem norte. Minhas ambições se esgotam, meus sonhos se diluem...

...e o despertador toca outra vez. Volto de meus pensamentos. A meia hora se foi como num piscar de olhos. Agora tenho que levantar mesmo, sem desculpas. Com as forças que ainda me restam vou para mais um dia da minha vida, graças àquela que nunca morre, a tal esperança. Ainda resta um pouco dela em mim.

Comentários

  1. O cotidiano desanima muito mesmo. Dificuldade de procurar emprego é uma constante, e de mantê-lo uma variável perigosa; pressão por todos os lados, família, estudos, trabalho; preocupações ínfimas com os mesmos fatores e outros como bem estar e saúde; e no fim percebemos que só vivemos para fazer tudo aquilo que menos nos agrada, e aproveitar a única vida que teremos que é bom, ninguém faz... Salvo alguns sábados à noite...

    ;*

    http://musica-holic.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Gosto de ler esse tipo de texto, no final percebo que todos nós passamos pelos mesmos tipos de problemas...
    Esperança, aquela que nunca morre mas sempre se desgasta. Sorte que conseguimos nos regenerar facilmente...

    http://papeisriscados.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Isso acontece comigo também... hoje foi difícil para eu levantar da cama.

    ResponderExcluir
  4. Eu ainda não consegui entender o porque da segunda feira chegar tão rápido...Mas, eu só trocaria a palavra "esperança" pela palvra "fé". Parecem 2 coisas iguais, mas na minha visão são completamente diferentes. Esperança é um sentimento que eu tento arrancar de mim a todo custo. Já a fé não, essa tem que ser consolidada a cada dia. Mas ñ é nada fácil... Pretendo escrever sobre isso um dia, tentr explicar...
    Abraço
    http://falandoprasparedes.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. As vezes sinto vontade de ficar só, de tantas coisas ruins que vejo ao meu redor, mas isso não basta, momentaneamente parece ser a solução, mas com o decorrer do tempo aprendemos a lidar com tudo.

    Parabéns pelo blog!

    Márcio Ribeiro
    http://comideiaseideais.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Quem dera saber escrever assim!
    Rotina é foda mesmo!
    Eu mesma sei...
    É extramamente complicado trabalhar o dia todo, e depois ir estudar!
    Mas como vc mesmo disse não podemos desistir...
    Eu mesma acho que estudo é fundamental, se eu pudesse só estudar e não precisar trabalhar, seria ótimo, mas (in)felizmente não assim!

    Hoje meu amanhecer foi assim... Ontem sai e hj a preguiça bateu!
    Mas fazer o que né, é mais um dia!
    E temos que seguir em frente!

    Muito bom seu texto!
    Visita?
    http://trilhasonoradefiilmes.blogspot.com/

    BeeijO!

    ResponderExcluir
  7. O pior que é bem isso mesmo ..

    mas não podemos desistir nunca.. nunca perder a esperança.. a confiança.. os sonhos..

    sempre tem algo bom na vida .. amigos sinceros nossos pais que nunca desiste de nós ..

    confiança e força . nunca pense em desistir..

    http://www.analucianicolau.adv.br/

    ResponderExcluir
  8. esperança, fé,confiança, determinaçao...
    esses sim são muito úteis pra gente.
    talvez nao so para enfrentarmos um 'simpes' levantar da cama, mas tambem para enfrentarmos nossos problemas, nossos medos, angunstias! coisas q nao são fáceis
    mas quem disse q seria fácil?

    Muitoo bom o seu Blog! =)
    Beijooos
    se der >>> http://naoesqueco.wordpress.com/ <<<

    ResponderExcluir
  9. Concordo com o seu texto.
    Quando eu trabalhava, me batia um desanimo quase deseperador ao ouvir o som do despertador.
    É difícil prosseguir nos dias de hoje. Creio que o que me move é uma incrivel mistura de fé com esperança :)

    Abraços.
    ='-'=

    ResponderExcluir
  10. as vezes sinto isso... como se minha cama , meu quarto , pudesse afastar todo o mal de mim.... é o aconchego eu acho!

    ResponderExcluir
  11. Segunda feira de manham, o pior momento! Eh deprimente quando tem q acordar pra trabalhar, ir pra escola..eh deprimente..!

    me xamou atençao o nome do seu blog aiih eu vim aquiii!
    xD

    passa no meu?
    http://lilithcontodefarsas.blogspot.com/

    ;*

    ResponderExcluir
  12. Opa! "Temo nu mexmu barcu" lol
    Huhauha!!
    ...
    Mas falando sério...
    Legal, pelo menos não penso que sou o único nessa onda...
    É... Mundo capitalista... Amigos, amigos, trabalhos à parte.
    ...
    O bom mesmo é quando a luz no fim do túnel não se apaga...
    E mesmo se apagar a gente da umas mexidas e volta a acender ahaha!!
    E essa é a vontade pro dia seguinte...


    VLW!

    ResponderExcluir
  13. Pura verdade!!
    Parece que descreveu meu dia hoje!
    muito bom

    =*

    ResponderExcluir
  14. Esse momento na cama de manhã é mto mais complexo do q sonha nossa vã filosofia huahuahuahua... mas é isso aí! encarar a vida com coragem e esperança...

    ResponderExcluir
  15. Pois é acho que é isso mesmo ainda não peguei o jeito!
    Mas é verdade sempre tem aquelas matéria que vocÊ acha que são boas e outras que vocÊ cisma com elas.
    Acho que é isso mesmo

    Abraço

    ResponderExcluir
  16. Gostei muito do pensamento..
    Acontece isso muitas vzes na nossa vida, aos pokos o cotidiano vai nos roendo pouco á pouco.

    Muito bom mesmo, Adoreii!

    Espero um Post seu no meu blog tambem!

    Abraço

    ResponderExcluir
  17. ô muié, ainda resta um pouco de esperança em mim tbm, pqe é meio complicado demais conviver, ou melhor, VIVER num mundo como o de hoje em dia..
    tá fooda viu (com o perdão da palavra).. o cotidiano faz tudo ficar mais monótono, é desestimulante!
    \õ/

    adorei o blog!
    beijo

    ResponderExcluir
  18. É...muitas vezes é difícil mesmo enfrentar o dia a dia...=S

    Bjos e boa noite!!

    ;***

    ResponderExcluir
  19. Ane ...não existe axo eu que nada melhor do que se sentir seguro ...seria muito muito mais fácil se afundar em um edredon macio ...mais a experiência de estar viva é a melhor ...
    Esperança e forças sempre ...pra vc ...e pra todos nós

    beijos

    Rosa

    ResponderExcluir
  20. Não desanime, nunca.
    Todos passam por isto.
    Abraços

    ResponderExcluir
  21. Esta é a realidade da grande maioria! Vivemos nossos dias esperando que os dias melhorem e que as coisas aconteçam... Esperando dias melhores... pra sempre! É essa esperança que nos impulsinoa, então não deixe que fique tão pequena. permita que ela cresça, exija que ela cresça.

    Adorei o blog e vou passear mais um puquinho por aqui.

    Apereça no meu "cantinho" também. Será muito bem vinda!

    Patrycia
    acendedordelampadas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  22. Nossa, é o que eu penso todo dia de manhã, principalmente as segundas feiras... nossa dá uma vontade imensa de desistir, mas continuamos...ainda bem que não sou a unica rsrs





    http://merendinhas.blogspot.com

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

De repente, 30!

Instabilidade emocional

Pois é, Trintei!!