domingo, 25 de janeiro de 2009

Quanta coisa a gente (não) faz, depois quer voltar atrás...

Voltando da primeira etapa de férias... Sim, minhas férias este ano estão divididas em duas etapas (dou-me a esse luxo enquanto posso, vai saber o dia de amanhã, né?!) e, nessas duas semanas que passei em Torres, no litoral gaúcho, descansei, li muito, passeei e, caminhei bastante também (o que fez eu voltar 1 quilo mais magra). E nessas caminhadas na beira da praia, eu e meu mp4, entre uma música e outra, devaneios e lembranças fiz uma espécie de balanço de certos aspectos já vividos até aqui. Numa das músicas escutadas, mais precisamente aquela do Armandinho em que o refrão diz: "Quanta coisa a gente faz, depois quer voltar atrás!", ao escutá-la comecei a pensar sobre arrependimentos e concluí que eu não me arrependo pelo que fiz na vida, mas pelo que não fiz.
Pois é isso mesmo! Tudo o que foi feito, aprendido, aventurado, mesmo sendo errado, no fundo foi bom pra mim. Se não era certo, algo eu aprendi e trouxe para hoje o fato de saber que não devo repetí-lo.
Mas, e o que eu não fiz? Amores não concretizados, caminhos não percorridos, viagens não feitas, não me despedir direito de quem já partiu e não voltará mais, cursos não feitos, telefonemas não dados, a palavra não dita naquele exato momento... Nisso sim há arrependimentos! Situações que na época talvez eu não tenha dado tanta importância, ou pelo medo do depois, ou pela ingenuidade da época acabei não realizando o que agora vejo que se o tivesse talvez minha vida teria tomado um rumo mais acessível, mais feliz!
O tempo passou... Amadureci? Ôh, muito! Concordo com aquela história de aproveitar o momento, curtir o dia como se fosse o último. É a pura verdade! Claro que ter responsabilidade também é fundamental! Não vou encher a cara, usar drogas, fazer racha, comer um monte de porcarias, fazer sexo sem camisinha, beijar a torto e a direito sem nem ter intimidade com o outro e outras barbaridades... Creio que isso não seja exatamente "aproveitar a vida".
E já que não inventaram uma máquina do tempo para retornar ao passado, então, com os arrependimentos do que não foi feito outrora, assimilo-os e os uso para o que vier daqui para frente! Erros foram feitos para construir um futuro melhor. A gente erra, infelizmente. A vida é assim... Pelo menos algo de bom esses pequenos equívocos (às vezes nem tão pequenos assim) nos trazem. Ainda bem.

quarta-feira, 7 de janeiro de 2009

Férias...

Férias... recesso... descanso!
O "Coisas da Vida" entrará em período de férias, mas logo retornará...

Além de descansar muito, tentarei buscar novidades e idéias para novos textos aqui do blog!

Continuem deixando recados e sugestões... quando voltar lerei todos com o maior carinho.

Fiquem à vontade.

domingo, 4 de janeiro de 2009

Músicas que falaram por mim em 2008

Bom seria se a vida tivesse trilha sonora. Na verdade, acho que ela tem sim afinal, cada música que ouvimos lembra um tempo já vivido, um amor, amizades que temos ou tivemos, vitórias e derrotas, tristezas e alegrias... algumas dizem exatamente o que pensamos naquele momento, o que sentimos...

Nessas lembranças e devaneios musicais eu fiz uma espécie de "retrospectiva 2008"! Porque houve muitas emoções no ano que passou....e algumas músicas ajudaram a marcá-las em minha vida e em minha memória. Suponho que para sempre!

Janeiro: tempo de férias, de praia e viagens... Início do ano; esperanças de um ano bom... e nada melhor que o bom reggae do Armandinho com a música "Semente" + o samba rock do Seu Jorge com "Burguesinha" para descontrair esse mês.
Fevereiro: volta das férias, início de tudo! E uma certa nostalgia se abateu... a trilha foi: "Amor se você for embora" - Claus e Vanessa.

Março: ah, as águas de março fechando o verão... início da minha aula de espanhol também! E nada melhor que o ritmo "caliente" de Diego Torres com "Abriendo Caminos" para finalizar o verão com chave de ouro.
Abril: mês do meu aniversário. Por algum motivo ouvi muito blues nesse mês... em especial "Dust my broom" - Blues Etílicos.

Maio: mês que fomos morar na casa nova; que iniciei esse blog... também curti mais minha família. Um mês que tem como trilha sonora a música que foi sucesso nas paradas das rádios, da Dani Carlos, "Coisas que eu sei".
Junho: frrriiiiooo!! Gripe e recaídas amorosas... Certezas e incertezas do amor! Fico com "Mesmo que mude" - Bidê ou balde.
Julho: viagem para Buenos Aires, espanhol, compras, calor (sim, acreditem se puderem!), mas teve frio também... Nesse mês tenho várias músicas que marcaram: "Don't worry, be happy" - Bob Marley, "Don't know why" - Norah Jones e, "You give me something" - James Morrison bem no finzinho do mês.

Agosto: um mês de poucas lembranças... algumas nostálgicas... então escolho "O Retorno de Saturno" - Detonautas e "Cedo ou tarde" - NX Zero.

Setembro: primavera (que não veio como deveria...). Um mês de muitas leituras e show do Fito Páez... Por causa dele, nesse mês a trilha é em sua homenagem: "A rodar mi vida", "Naturaleza sangre", "Al lado del Camino, não podendo faltar, "Mariposa Tecknicolor", todas do Fito, compondo o repertório.

Outubro: feira do livro... leituras... algumas decepções... muita malhação... Esse mês vai de "O amanhã colorido" - Cidadão Quem" e "Por onde andei" - Nando Reis.

Novembro: e o ano voou!! Esse foi um mês mais animado... passeios, jantas, reuniões familiares... Humm... Nada melhor que "Não é proibido" - Marisa Monte. Mas, também fico com "Teu cheiro" - Claus e Vanessa por certos momentos.

Dezembro: último mês do ano... festas de final de ano... presentes... encontrão da galera da época do colégio... razões e recaídas do coração... Esse mês tem um repertório grande: "La edad del cielo" e "Al otro lado del río" - Jorge Drexler, "Adivinha o quê" - Lulu Santos, "Manda una señal" - Maná, "Eu não entendo" - Nenhum de Nós, "Romance ideal" e "Saber amar" - Paralamas do sucesso, "Neurose" - Reação em Cadeia e, "Ainda gosto dela" - Skank.

Pois é, essas foram as mais tocadas no meu iPod em 2008.

Que em 2009 não faltem músicas para dar cor e vida ao ano... e quando não houverem mais palavras pra nos expressarmos, que as músicas falem por nós!

Ano que vêm espero estar aqui para postar as "The Best of" de 2009...

sexta-feira, 2 de janeiro de 2009

Feliz 2009

Nossa, que relapsa! Meu último post foi ano passado...rsss Antes do Natal ainda! O recesso de final de ano me pegou em cheio, e com ele veio a preguiça junto com a falta de inspiração!

Ia escrever no dia primeiro mas, devido a motivos de força maior ocasionados por uma ingestão excessiva de espumante não pude postar nada.

E o meu ano já começou!! Apesar de tudo, começou com esperança de um ano melhor! Que esse ano tenha muita paz, equilíbrio, fé e amor entre as pessoas. E que eu tenha muitas idéias e inspirações para escrever neste blog... 2008 se foi, e com ele espero que as coisas ruins e o pessimismo também!


Feliz 2009 a todos! Que tenhamos muita energia pra enfrentar os momentos difíceis, muita garra em vencer e perseverança nos nossos objetivos. Que o amor, as alegrias e boa saúde prevaleçam!

Sem crise, só cri_e! 200INOVE!

Para finalizar, deixo um poema do grande Drummond:

RECEITA DE ANO NOVO

"Para você ganhar belíssimo Ano Novo cor do arco-íris,
ou da cor da sua paz, Ano Novo sem comparação
com todo o tempo já vivido
(mal vivido talvez ou sem sentido)...
Não precisa fazer lista de boas intenções
para arquivá-las na gaveta.
Não precisa chorar arrependido
pelas besteiras consumadas
nem parvamente acreditar que
por decreto de esperança a partir de janeiro
as coisas mudem e seja tudo claridade,
recompensa, justiça entre os homens e as nações,
liberdade com cheiro e gosto de pão matinal,
direitos respeitados, começando pelo direito augusto de viver.
Para ganhar um Ano Novo que mereça este nome,
você, meu caro, tem de merecê-lo, tem de fazê-lo novo,
eu sei que não é fácil, mas tente, experimente, consciente.
É dentro de você que o Ano Novo cochila e espera desde sempre."

Carlos Drummond de Andrade