quarta-feira, 29 de agosto de 2012

da simplicidade dos dias.

 

A vida torna-se plena com atitudes simples que passamos a ter no nosso dia a dia. A ansiedade sai de cena. O bem-estar toma seu lugar. E aí, num dia qualquer, numa hora quebrada, o coração de repente serena, alma e intuição se unem e tentam me falar algo que não dá para entender. Mas dá para sentir. E é tão bom.

segunda-feira, 27 de agosto de 2012

domingo, 26 de agosto de 2012

douce vie.

 

Equilíbrio é quando conseguimos sincronizar a alma com os movimentos da vida.

todo cambia.

 

Passa-se o tempo. O tempo muda. Mudam as coisas, as pessoas, o clima, as estações. A rotina já não é a mesma. Mudamos de corte de cabelo, de estilo literário, de estilo musical. Mudam os caminhos. Mudam sentimentos. Mudamos no jeito de pensar. Nossa fé muda. Muda o modo de acreditar. Mas a gente sempre acredita. O mundo gira. Nada permanece igual. A gente envelhece. Amadurece. Muda o paladar, mudam os gostos, muda até a nossa letra e o jeito de escrever. Mudam as vontades. Mudam os amores. Muda a vida. E a vida, pra não contrariar, muda a gente também.

sexta-feira, 24 de agosto de 2012

dessa tal.


Felicidade é uma plenitude que invade o peito às 13:32Hs da tarde de uma sexta-feira qualquer.

quarta-feira, 22 de agosto de 2012

segunda-feira, 13 de agosto de 2012

uma semana feliz pra você.


E mesmo cansada das coisas do dia, das inúmeras tarefas a serem feitas na próxima semana, mesmo com tanta coisa pra pensar, é no deslizar das suas palavras contando sonhos e desejos que me perco no tempo, esqueço as preocupações e a alma mergulha numa calmaria doce.

quarta-feira, 8 de agosto de 2012

das confusões.

 

ela vai
ele foge.
ele vem
ela ja foi.
ele a abraça
ela o empurra.
ele chega sem dar beijo
ela faz cara feia.
ele é calmo
ela, ansiosa.
ele some
ela sente falta.
ela tá longe
ele chama pra perto.
ele é peixes
ela é áries.
ele ama o que faz
ela faz o que ama.
ela é séria
ele, brincalhão.
ele brinca.
ela brinca mais.
ela fala
ele cala.
ela fica em silêncio
ele também.

domingo, 5 de agosto de 2012

super emotiva, sabem?!

 

"Não tenho cérebro, tenho dois corações: um lá mesmo onde todo o ser humano tem (mesmo que não pareça, todo mundo tem) e outro no lugar do que era pra ser cérebro, entenderam?"
 
(Clarissa Côrrea)

quinta-feira, 2 de agosto de 2012

keep calm and enjoy your life.


das esperas intermináveis finjo não ter pressa.
porque o sol continua nascendo. e se pondo.
as pessoas seguem sua vida.
e eu sigo a minha.
leio, ouço músicas, faço poesias em cafés. no café.
porque não adianta parar e esperar.
tem que prosseguir. sentir. viver.
e aí a ansiedade se dissolve.
tudo entra em sintonia com a gente.
e as coisas acontecem, finalmente.