quinta-feira, 25 de fevereiro de 2016

Les couleurs de ma vie.

Quero um mundo de sonhos, que sustente minha realidade. Um mundo cheio de cores, sabores e amores.
Quero um lugar com cheiro de café recém feito, de poesias, flores e amigos.
Quero novidades todo dia.
Quero praia e verão.
Quero viver de momentos, intensamente.
Quero inspirações novas, boas ideias e muita criatividade.
Quero jazz, blues e muito rock.
Quero abraço apertado.
Quero viver das boas lembranças.
Quero mais sexta-feiras e muito mais sábados. Quero primavera.
Quero sol e chuvas de verão.
Quero conhecer pessoas de todo o mundo. Quero francês, espanhol, inglês e um pouquinho de italiano.
Quero voar para os quatro cantos do mundo. Quero muito mais Espanha. Quero França. Quero Uruguai.
Quero muito bem a quem amo.
Quero beijos apaixonados.
Quero carinho, respeito e amor.
Quero instantes de silêncio.
Quero uma estante enorme de bons livros. Quero manhãs ensolaradas.
Quero finais de tarde de outono.
Quero degustar bons vinhos e excelentes cafés. Quero ótimas companhias.
Quero viver de saudades, e quando for possível, conseguir matá-las.
Quero família sempre unida.
Quero amigos reunidos.
Quero me contagiar com o sorriso de uma criança.
Quero congelar momentos.
Quero mais romance nos meus dias.
Quero tirar muitas fotografias.
Quero mais Porto Alegre. E mais Rio de Janeiro também.
Quero descobrir novas sensações.
Quero assistir a bons filmes.
Quero ler gibis da Mônica e relembrar infância.
Quero aprender sempre mais.
Quero alegrias.
Quero um amor que fique de vez.
Quero passeios de carro e viagens de avião. Quero boas conversas e muitas risadas.
Quero movimento, mudanças, desapego.
Quero tudo o que meu coração faz vibrar.
Quero superar desafios e enfrentar o desconhecido com coragem.
Quero otimismo e entusiasmo nos meus dias.
Quero felicidade.
Quero continuar enchendo minha vida das mais belas cores.
(Texto de 25/02/2011, readaptado aos dias de hoje).

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2016

Instantes de felicidade.

Dar mais valor ao simples, ao que realmente importa.
Estar presente com cabeça, corpo, mente e coração no aqui e agora.
É agradecer pelo que se tem, quem se é, o que conquistou até aqui. Esquecer desavenças passadas, erros, más escolhas.
Não se pré-ocupar com coisas que não aconteceram ainda (e talvez nem venham a acontecer.
É ACREDITAR! Em si mesmo, na vida, em uma força maior.
É entender que estamos aqui por algum motivo, que nada é em vão, e valorizar cada experiência vivenciada nessa existência.
É superar desafios. E superar-se.
É acreditar que algo de bom sempre é capaz de acontecer e mudar a vida pra melhor.

Felicidade é uma junção de tudo isso! E talvez um pouco mais.
É um estado de profunda paz interior, consciência tranquila, mente serena.
É saber do seu potencial, de descobrir a imensa capacidade que temos dentro de si de levar-nos cada vez mais além, rumo a realização dos sonhos e à evolução do espírito.
É sentir vontade de ajudar, de dar mais amor.
É se encantar com a vida e com pequenos gestos do cotidiano.
É satisfação plena!

Felicidade mesmo, é conseguir dar um belo sorriso, mesmo imerso em dificuldades e problemas. 

Felicidade é um estado enorme de gratidão e amor por descobrir que somente nós mesmos somos capazes de buscá-la dentro do nosso ser, de senti-la intensamente e desfruta-la quando quisermos.
E que, por mais ajuda externa que tivermos, somente nós mesmo somos responsáveis por encontrá-la e percebê-la. E por escolher acolhe-la.

Foco.

Há momentos da vida que é como correr uma maratona. Não importa em quanto tempo você vai fazer o percurso. O importante é completar o trecho, sem perder o foco.