sábado, 29 de junho de 2013

das leituras que cabem na vida da gente.


"Iniciativa é uma das características mais poderosas que você pode ter."

(Bel Pesce) 

ela se refere ao empreendedorismo.
eu me refiro à vida.

sexta-feira, 28 de junho de 2013

dos cafés e da chuva.


barulho de chuva lá fora.
café que aconchega.
livro. palavras. francês.
sonhos. realidade.
vontades.
desejos.

e a paz de espírito que me acalma
                                         [por inteiro].

dos sonhos que nunca terminam.


Então, um sonho se realiza. E ela já começa a pensar em outros. A sonhar mais. A planejar coisas novas. A vida profissional finalmente se encaminha, se equilibra. E a tranquiliza. Ela finalmente se encontra feliz por achar uma paixão, um hobby, um lazer e um trabalho. Todos numa coisa só. Realizada, enfim, profissionalmente.

E ela? E sua vida pessoal? E seus sentimentos?

Pois é chegado o momento de cuidar do seu coração.

terça-feira, 25 de junho de 2013

(in)explicações.


É incrível os movimentos que a vida faz. E como a gente movimenta ela. E em como acreditar faz sentido e tudo passa a dar certo também. Acho bárbaro, mesmo sem entender direito, essa sincronicidade entre pessoas, mesmo distante, das coisas funcionarem exatamente na mesma medida. Amizade, sincronismo, fé. E a capacidade de viver intensamente.

Certas coisas realmente não se explicam.

dos cafés e do amor.


“Um café e um amor. Quentes, por favor!
Sem excessos de doçura ou amargura.
Forte.
Doce.
Que ambos façam meu coração acelerar.
Que me mantenham vivo.

Um café e um amor. Quentes, por favor!
E que de nenhum deles eu sofra de vício.
Mas que de ambos,
Eu possa me dar ao luxo do hábito.

Um café e um amor. Quentes, por favor!
Pra ter calma nos dias frios.
Pra dar colo
Quando as coisas estiverem por um fio.

E que eles nunca tenham gosto de ontem
Nem anseiem pelo amanhã
Que me façam feliz nesse agora,
Que me abracem pela manhã.

Amargos, suaves
Intensos, sutis
Saborosos!
E quentes.

Um café e um amor. Quentes, por favor!” 

(Caio Fernando Abreu)

terça-feira, 18 de junho de 2013

quinta-feira, 13 de junho de 2013

das sensações mais leves.


eu gosto de café. do cheiro. do sabor. das companhias. de tomar sozinha. dos cafés diferentes. e das imensas variações da bebida. gosto dos livros. gosto do dia. e da noite. (embora, muito mais do primeiro). gosto de pessoas bem-humoradas. gosto de pessoas cultas. gosto de filmes diferentes. que a gente sente, muito mais que aqueles que só se entende. gosto de viajar. de conhecer gente diferente. culturas diferentes. gosto de gastronomia. (muito mais de experimentar que preparar - sou melhor com cafés). gosto de idiomas. e de música que me faz bem. gosto dessa coisa boa que é gostar de alguém. e que eu não me lembro muito bem como é. mas lembro que é bom. gosto das conversas inteligentes. das amizades que não se perdem com o tempo (só ganha-se saudade e histórias pra contar). gosto de poesia. gosto de fazer o que amo com dedicação. gosto de escrever. ler. sonhar. gosto do sol. embora menos, gosto da chuva também. gosto de fotografia. de ficar quietinha no meu canto. gosto das manhãs. do outono. da simplicidade das coisas.

e é essa poesia que faz meu dia a dia ficar mais leve. E eu gosto muito.

terça-feira, 11 de junho de 2013

do silêncio e dos livros.


Antes de passar uns dias de férias numa praia, queria eram uns dias de férias dentro de uma imensa biblioteca. Eu e o silêncio dos livros.

segunda-feira, 3 de junho de 2013

das coisas da vida. (2)


das segundas de calmaria. 
de um mês novinho em folha pra acontecer.
das coisas que se resolvem fáceis.
do dia que rola solto.
das ausências.
dos cafés que aconchegam.
de "um mês" bem comemorado.
da vida que toma seu rumo.
de mim, mais tranquila e feliz.