segunda-feira, 19 de agosto de 2013

de sonhos, viagens e conquistas.

 

Há exatamente 3 anos eu embarcava para a Espanha. Mas não é só da viagem que lembro. O momento foi um marco pra mim. Ali que dei vários passos à frente. Ali que enfrentei medos, inseguranças e a solidão. Venci-os! Conheci muita gente incrível. Lugares fantásticos. Melhorei meu espanhol.

Uma das épocas mais marcantes da minha vida. E uma das mais felizes também. Saudades imensas! Foi a realização de um sonho. E o começo de outros. Estou onde estou graças a muita coisa que aprendi e vivi nessa viagem. Hoje só prossigo na realização de mais um sonho. E na direção de outros também.

Si no me causar una revolución, ya no lo quiero.

sábado, 17 de agosto de 2013

O mais incrível da vida é encontrar alguém que queira dividir uma tarde e um café com você.

dos cafés e dos 'rendez-vous'.


da ansiedade da chegada.
da espera sem fim.
das borboletas no estômago.
da sensação de 'cosquinha' no peito.

das mãos que não sabem onde ficam.
das palavras que se atropelam.

das pessoas que encontram tempo de encontrar a gente.
mesmo sem tempo. mesmo por um curto tempo.

da inquietação. da excitação.
do medo. do entusiamo.

dos cafés quentes e das conversas doces.
desses encontros que colorem ainda mais a vida da gente.

sexta-feira, 16 de agosto de 2013

na literatura da vida.


"Eu, pelo menos, não sei se pela situação especial de espera e ansiedade, experimentei um desassossego que a muito não sentia."

(Correspondências - Clarice Lispector)

E a muito não me fazia (tão) bem.

douce inquiétude.

''Si tu viens, par exemple, à quatre heures de l'après-midi, dès trois heures je commencerai d'être heureux. Plus l'heure avancera, plus je me sentirai heureux. A quatre heures, déjà, je m'agiterai et m'inquiéterai; je découvrirai le prix du bonheur! Mais si tu viens n'importe quand, je ne saurai jamais à quelle heure m'habiller le coeur...''

(Le Petit Prince - Antoine de Saint-Exupéry)