sexta-feira, 28 de dezembro de 2012

da razão das coisas.

 

a razão grita.
o coração cala.
a mente aquieta.
os problemas clareiam.
e a vida se move.

quarta-feira, 26 de dezembro de 2012

de 2012 e das revoluções.


do que aprendi, mudei horrores.
fui persistente. teimosa, até.
arrisquei. viajei.
falei o que não devia. 
ou devia.
trabalhei. muito.
me estressei. demais.
amei. desamei.
fiz poesia. falei francês.
li livros incríveis.
e assisti filmes mais incríveis ainda.
conheci gente nova.
revi pessoas.
soube aproveitar momentos únicos.
me encantei por tanto.
me desencantei por pouco.
venci. mas perdi também.
sofri. chorei.
ri. de doer a barriga.
sonhei. e realizei também.

uma revolução nos sentidos da vida.

2012 foi um ano como esperei,
e muito mais do que imaginei.

domingo, 16 de dezembro de 2012

dos cafés e das esperanças.

 

quando o desejo é de alma
o coração infla,
a fé invade,
a força e a persistência ressurgem de algum lugar,
e a vida se expande.
 

quinta-feira, 6 de dezembro de 2012

dos sonhos e das homenagens.


"A gente tem que sonhar, senão as coisas não acontecem."

(Oscar Niemeyer)

des regards et des sourires.

 

É impressionante como sorrisos doces e olhares casuais transformam a gente.



♫ "Juste un regard pour comprendre que c'est dans tes yeux que j'me sens le mieux.
Juste un sourire pour te dire que j'ai besoin de toi, reste et regarde moi."
♫ ♫

quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

estado de espírito.

 

Para ser poeta, não precisa saber escrever poemas. Basta ver a vida com olhos de poesia.

segunda-feira, 3 de dezembro de 2012