sábado, 30 de abril de 2011

Do café da tarde...


um espresso,
um cupcake
e uma grande ideia.

Café e inspirações...


linda casinha
que me encantou
cheia de flores e cores,
café e sabores.

quero algo assim,
que aconchegue quem chegar
no cantinho
doce
que eu vou realizar.

adorei.


Isto de querer ser
exatamente aquilo
que a gente é
ainda vai nos levar além. 
(Paulo Leminski)

Da dificuldade em se tornar real...


ele então,
chamou minha atenção.
olhar de um azul límpido,
sorriso que me encantou.
mas quando me aproximei,
já não mais me pertencia.
e meu doce sonho,
se esvaiu outra vez.

quinta-feira, 28 de abril de 2011

Hard work


Fazer com amor para fazer direito.

Algo assim... e ponto.

 

Espanha. dias ensolarados. finais de tarde de outono. bons livros. jazz. cheiro de café. e um amor.

quarta-feira, 27 de abril de 2011

Aprendizagens

 

Cada dia, um aprendizado novo.
Cada aprendizado, uma descoberta de si mesma.
Cada redescoberta, a vida se renova.

Bom gostar do que se faz e fazer o que se gosta.

Pensando menos, vivendo mais


Antes, não conseguia tirar alguma conclusão coerente de tantos pensamentos que tomavam conta da minha cabeça. Agora, seleciono somente os que me interessam. Não tenho mais tempo para tanto pensar.

Hoje vivo sem aquela ansiedade antecipada que antes me atrapalhava tanto. Sem tanto analisar e questionar o que passou ou o que virá. Hoje vivo com muita vontade de presente e sem tanta pressa do futuro. E na tranquilidade do tempo e das coisas que me cercam, o futuro chegará com mais naturalidade que nem vou notar a sua presença, pois já será meu presente e estarei vivendo-o intensamente.

terça-feira, 26 de abril de 2011

Pés no chão


Vivo de sonhos,
voo alto,
mas nunca tiro meus pés do chão.

Dias normais


Eu gosto dos dias normais, das terças-feiras de sol e temperatura de outono. Eles nos enchem de uma tranquilidade na alma, sem as expectativas das urgências da vida. 

E é assim que o dia acontece.

domingo, 24 de abril de 2011

Dúvidas Pascais

Melhor que chocolate para essa Páscoa, só ler uma crônica do Luís F. Veríssimo.
*********************************
- Papai, o que é Páscoa?
- Ora, Páscoa é... Bem... É uma festa religiosa! 
- Igual Natal?
- É parecido. Só que no Natal comemora-se o nascimento de Jesus, e na Páscoa, se não me engano, comemora-se a sua ressurreição.
- Ressurreição?
- É, ressurreição. Marta, vem cá!
- Sim?
- Explica pra esse garoto o que é ressurreição pra eu poder ler o meu jornal.
- Bom, meu filho, ressurreição é tornar a viver após ter morrido. Foi o que aconteceu com Jesus, três dias depois de ter sido crucificado. Ele ressuscitou e subiu aos céus. Entendeu?
- Mais ou menos... Mamãe, Jesus era um coelho?
- Que é isso menino? Não me fale uma bobagem dessas! Coelho! Jesus Cristo é o Papai do Céu! Nem parece que esse menino foi batizado! Jorge, esse menino não pode crescer desse jeito, sem ir numa missa pelo menos aos domingos. Até parece que não lhe demos uma Educação cristã! Já pensou se ele solta uma besteira dessas na escola? Ave Maria!
- Mamãe, mas o Papai do Céu não é Deus?
- É filho, Jesus e Deus são a mesma pessoa. Você vai estudar isso no catecismo. Chama-se a Trindade. Deus é Pai, Filho e Espírito Santo.
- O Espírito Santo também é Deus?
- É sim.
- E Minas Gerais?
- Sacrilégio!
- É por isso que a Ilha da Trindade fica perto do Espírito Santo?
- Não é o Estado do Espírito Santo que compõe a Trindade, meu filho, é Espírito Santo de Deus. É um negócio meio complicado, nem a mamãe entende direito. Mas quando você for no catecismo  a professora explica tudinho.
- Bom, se Jesus não é um coelho, quem é o coelho da Páscoa?
- Eu sei lá! É uma tradição. É igual a Papai Noel, só que ao invés de presente ele traz ovinhos.
- Coelho bota ovo?
- Chega! Deixa eu ir fazer o almoço que eu ganho mais!
- Papai, não era melhor que fosse galinha da Páscoa?
- Era, era melhor, ou então urubu.
- Papai, Jesus nasceu no dia 25 de dezembro, né? Que dia que ele morreu?
- Isso eu sei: na sexta-feira santa.
- Que dia e que mês?
- ??????? Sabe que eu nunca pensei nisso? Eu só aprendi que ele morreu na sexta-feira santa e ressuscitou três dias depois, no sábado de aleluia.
- Um dia depois.
- Não, três dias.
- Então morreu na quarta-feira.
- Não, morreu na sexta-feira santa... Ou terá sido na quarta-feira de cinzas? Ah, garoto, vê se não me confunde! Morreu na sexta mesmo e ressuscitou no sábado, três dias depois.
- Como?
- Pergunte à sua professora de catecismo!
- Papai, por que amarraram um monte de bonecos de pano lá na rua?
- É que hoje é sábado de aleluia, e o pessoal vai fazer a malhação do Judas. Judas foi o apóstolo que traiu Jesus.
- O Judas traiu Jesus no sábado?
- Claro que não! Se ele morreu na sexta!
- Então por que eles não malham o Judas no dia certo?
- É, boa pergunta. Filho, atende o telefone pro papai. Se for um tal de Rogério diz que eu saí.
- Alô, quem fala?
- Rogério Coelho Pascoal. Seu pai está?
- Não, foi comprar ovo de Páscoa. Ligue mais tarde, tchau.
- Papai, qual era o sobrenome de Jesus?
- Cristo. Jesus Cristo.
- Só?
- Que eu saiba sim, por quê?
- Não sei não, mas tenho um palpite de que o nome dele era Jesus Cristo Coelho. Só assim esse negócio de coelho da Páscoa faz sentido, não acha?

- Coitada!
- Coitada de quem?
- Da sua professora de catecismo!

**Feliz Páscoa! :)

sábado, 23 de abril de 2011

De quanto vale um dia de folga...


Curtir os amigos, a família, dormir até tarde e ficar na cama sem pressa de levantar... Ir ao cinema, escrever, colocar a leitura em dia, se perder em pensamentos, não se preocupar com a hora... Aproveitar o tempo livre pra ser e nada ter que fazer.

Depois de oito dias de trabalho ininterruptos, - mesmo em um trabalho prazeroso, têm estresse e cansaço físico - o dia de folga se tranforma numa benção. E graças a ele, podemos desfrutar das simples coisas da vida e do ato de existir que a correria do dia a dia e do trabalho nos fazem esquecer.

sexta-feira, 22 de abril de 2011

Sinta com o coração!


"Voar não tem a ver com o que você pensa, mas com o que sente no coração... Quando sentir as batidas do seu coração, você vai voar!" 
(do filme 'Rio') 

Se queremos conquistar o que se deseja, necessitamos acreditar em nós mesmos e ter a certeza de que somos capazes de alcançar nossas metas e ideais. Isto é o primeiro passo (e o mais importante) para conseguirmos voar realizar na vida.

'Es cuestión de tiempo y fé'


Para ser feliz com outra pessoa, precisamos antes de mais nada aprender a ser feliz com nós mesmos; aproveitar nossa companhia, que é a umas das melhores coisas que existem. Isso parece meio cliché, eu sei, mas é a mais pura verdade. Acho um exagero essa banalização do amor, do EU TE AMO usado como uma frase qualquer, sem o verdadeiro sentimento envolvido. Um desperdício de palavras, uma ilusão de sentimentos. E também, para conseguir um coração tranquilo e feliz, primeiro o fazemos a sós, nos descobrindo dia a dia e só assim poderemos dividí-lo com mais alguém.

Hoje eu sinto que meu coração anda numa tranquilidade tão boa, mesmo estando sozinha. Aliás, principalmente estando só. E caso surja um amor, poderei repartir essa paz e felicidade que emanam do meu peito. É tanto amor que possuo que já não cabe mais em mim. Quero muito ter alguém para compartilhá-lo, andar junto, porém nunca depender do mesmo.

Mais uma vez, digo que estou pronta para viver um amor real e inteiro. É só questão de esperar o que o destino irá me presentear. Por ora, sigo minha trajetória profissional rumo a atingir meus objetivos e realizar meus sonhos. E aí chegará o tão sonhado dia que o amor prevalecerá para mim, finalmente.

Frase da semana


"Em caminho longo, passo curto"
(Jean Racine)

terça-feira, 19 de abril de 2011

segunda-feira, 18 de abril de 2011

domingo, 17 de abril de 2011

Na cafeteria...


Numa pausa momentânea, ela olhou sem querer a mesa que ficava bem no cantinho, no café onde trabalhava. Era o lugar preferido de muita gente, principalmente dos casais apaixonados. Talvez por ser em um canto mais escondido, ou por ser mais aconchegante e longe do sol forte que se infiltrava pelos vidros. Essa mesa sempre se encontrava ocupada e naquele momento não era diferente. Ali, ela reparou que estavam um rapaz e uma moça juntos a dois cappuccinos e uma fatia de torta dividida pelos dois. Entre garfadas e olhares, eles saboreavam o momento só deles, alheios ao café onde estavam, tão cheio de pessoas e barulho daquele domingo à tarde. Eram somente os dois, aquecidos de café e muito amor.

Ela então, suspirou.
Um dia talvez teria um amor assim, para adoçar ainda mais sua vida e aquecer seu coração.

Prazeres


Bom fazer do trabalho um prazer a mais na vida.

quarta-feira, 13 de abril de 2011

Dos movimentos que a vida faz... (2)

  
A vida se movimenta,
os caminhos se abrem,
as novidades aparecem,
e de repente
tudo começa a fazer sentido
outra vez.

New soul


Faz cinco dias que...

aniversário, surpresas, mensagens, músicas alegres, (muito) trabalho, início de um sonho, saudades, amigos, sonhos inspiradores, novas pessoas, desafios, êxtase, nervosismo, ansiedade, café, café, café... Felicidade!

Acho que uma nova vida está nascendo em mim.

sexta-feira, 8 de abril de 2011

¡Cumpleaños felíz!


Dia do nosso aniversário é algo extremamente bom! Pelo menos é o que eu acho. Sempre gostei de fazer aniversário, de ter um dia inteirinho só pra mim, ser o centro das atenções, receber cumprimentos, parabenizações e carinhos. É bom ser lembrada por quem a gente gosta. E também, é um momento de celebrar a vida, os anos que passaram, os aprendizados e em quem me transformei hoje. Como um ano novo, inicio uma nova etapa da minha vida, tanto pelo aniversário em si como pela idade - uma nova década me aguarda - e assim sigo meu caminho, cheia de confiança e otimismo para enfrentar os desafios, atingir meus objetivos e realizar meus sonhos.

Com muito amor, saúde, família reunida e amigos queridos, comemoro mais um ano de vida!

quinta-feira, 7 de abril de 2011

De repente, 30!


Então, me desfaço definitivamente da casa dos vinte. Uma nova janela se abre pra mim.

De tudo o que sou hoje, devo às experiências vividas até aqui. Nada foi em vão, mesmo as muitas dificuldades, a falta de motivação, os arrependimentos, medos e sofrimentos. Tudo isso me fez ver no que falhei e no que não devo repetir para continuar seguindo meu caminho.

Aos 30, começo um novo ciclo com os pedacinhos das melhores coisas que aprendi, senti e vivi ao longo dessa trajetória. Como se tivesse descoberto uma nova mulher dentro de mim, ou redescoberto a antiga, assim me refaço, mais madura, mais determinada e com muita vontade de acontecer. E nunca é tarde para arriscar e vencer na vida.

Os 30 anos que me aguardem!

quarta-feira, 6 de abril de 2011

Vozes


Dá uma inquietação na gente quando
a voz da razão se mistura com a do coração.

terça-feira, 5 de abril de 2011

O sol me inspira (2)


sol me dá energia
vontade de viver
de sonhar e acontecer

assim, eu sigo meu caminho
dando cores aos meus dias
e dias mais felizes à minha vida.

O sol me inspira (1)


gosto de dia
ensolarado
que combina com
fim de tarde outonal, 
um delicioso jazz como trilha sonora,
e uma alegria contagiante
no ar.

isto faz espantar qualquer melancolia
e a solidão
da noite que se aproxima.

vou te contar...

era noite. pessoas me acompanhavam em um carro que não reconheci. eram amigas, mas ao mesmo tempo desconhecidas... íamos em algum lugar que você havia me convidado. aliás, você já devia estar me esperando. enfim nos encontraríamos. minha ansiedade era grande e a expectativa em te ver, maior ainda. chegando lá, tinha gente que não acabava mais. uma multidão de rostos que nunca vi. ou talvez, algum dia tenha visto e nunca reparado. tinha alguns parentes, amigos, amigos de amigos e muita gente estranha. era uma festa de formatura. ou uma confraternização qualquer. eu ligava para o seu celular te procurando. você atendia sem dizer uma única palavra. ou era eu que não ouvia direito. conseguia apenas escutar o som da sua respiração. e nada mais. porém, eu sabia que você estava naquele lugar em meio a tantas pessoas. meu instinto dizia isso. em desespero e me sentindo solitária em meio àquele monte de gente, tentava a todo custo te encontrar. caminhava para um lado e para outro. esbarrava nas pessoas. entrava naquela casa enorme que eu nunca tinha estado antes, mas me parecia muito familiar. ia até a cozinha, sala de estar, de jantar... subia os degraus, descia, ia até o quintal... era tanta gente num lugar que não acabava mais. mas nenhuma delas era você. nem por isso desisti de te procurar. precisava te ver. foi quando te senti próximo a mim. o celular vibrou no meu bolso. ouvi um barulho. olhei para o lado. e então...

eu acordei.

segunda-feira, 4 de abril de 2011

Saudades e vontades


Saudade de falar, ouvir, sentir, pensar espanhol...
Filmes espanhóis me fizeram vontade de Espanha outra vez.

Marina me inspirou...


às vezes o tempo é amigo, outras não
por isso a gente segue ouvindo a voz do coração.

¡Qué bello abril!


Gosto do mês de abril, não só porque é o mês do meu aniversário mas também pelo clima de outono da época, por uma certa nostalgia de tempos passados e, por algo a mais que tem no ar e me traz uma sensação muito agradável e confortante.

"Dios santo qué bello abril, dios santo qué bello abril,
dios santo qué bello abril sos vos...
Nos pasan tantas cosas en la vida
que si aparece el sol hay que dejarlo pasar
abril otra vez, para que no tengamos soledad...
Dios santo qué bello abril, dios santo qué bello abril,

dios santo qué bello abril sos vos...
Y las violetas que coronan tu tristeza
y las guirnaldas de tu inmensa soledad
sos tan hermosa que jamás vas a dejar de brillar así
aquí o allá...
Sos parecida a los planetas que se mueven por ahí
que no podés parar ya nunca de girar.
Dios santo qué bello abril, dios santo qué bello abril, dios santo qué bello abril,
qué bello abril, qué bello abril...
Para que no tengamos soledad
Para que no tengamos nunca más soledad."

(Fito Páez)

domingo, 3 de abril de 2011

Hora de chegar as boas novas


Então eu chego mais uma vez num momento de encerrar ciclos na minha vida e abrir novos caminhos. Não só pelo aniversário que vem chegando mas também, pela nova etapa da vida que entrarei. Assim, posso dizer com todas minhas certezas que os ciclos passados se encerraram. De qualquer área da vida. No trabalho faz tempo que fechou a porta do passado, e hoje sinto meus caminhos abertos e eu mais focada no que quero. Acho que estou cada vez mais perto de conseguir alcançar meus sonhos, planos e desejos.

No amor não há muitas diferenças. Apesar do que dizem por aí que eu ainda não encerrei todos os ciclos, na opinião de quem sabe o que sente (eu mesma) está tudo encerrado, enfim.

Pois quando a gente não pensa mais naquela pessoa antes de dormir, ao acordar e pelo dia todo; quando não o procuramos nas pequenas coisas e lembranças do dia a dia; quando definitivamente aprendemos a viver sozinha e fazemos da nossa própria companhia a melhor que poderíamos ter; quando realmente vemos que um namorado pode ser alguém que adicione cor na nossa vida e ao mesmo tempo seja um companheiro, que ande com a gente lado a lado, sem nenhum dos dois depender do outro; quando se descobre que já viveu todas as possíveis e imagináveis aventuras na solteirice e agora necessita dividir um pouco desse amor que invade o peito intensamente com alguém especial... é porque todos os ciclos estão fechados, definitivamente. É chegada a hora de novos rumos, mudanças e amores na minha vida.

E se por acaso eu tivesse uma varinha de condão, adicionaria as melhores coisas dos meus antigos amores - ternura, carinho, química, paixão, companheirismo, amizade... - misturaria tudo e prepararia um novo amor todo especial pra mim. Seria o presente que me daria de aniversário. 

Mas como isso não é possível, aguardo o que a vida irá me presentear.

Porque "A vida tem a cor que você pinta." (Mário Bonatti) - e a minha é toda colorida. :)

Ariana eu sou

Branca, preta ou amarela
A ariana zela.

Tem caráter dominador
Mas pode ser convencida
E, aí, então, fica uma flor:
Cordata... e nada convencida.

Porque o seu denominador
É o amor.
Eu cá por mim não tenho nenhum
preconceito racial:
Mas sou ariano!
(Vinicius de Moraes)

sábado, 2 de abril de 2011

Do que me falta...


O difícil não é viver sozinha, mas buscar na solidão a segurança necessária para conquistar meus objetivos.

sexta-feira, 1 de abril de 2011

Assim eu vou...


na solidão eu sigo
ouvindo quem me guia
- minha doce intuição -
que conduz o meu caminho
nesse passo que pressinto

e se for pra ser
meu destino vou fazer