sexta-feira, 3 de abril de 2015

do que valeu à pena.

e daí me dei conta de tudo o que passei nesses quatro anos de muito trabalho e dedicação. e em quem me transformei. 
algumas coisas que aprendi nesses anos de café:

1. ouvir sempre a intuição (e a mãe da gente). pode ter certeza, elas sabem o que é certo. nem sempre, mas 99,9% sim.
2. agradecer. por quem a gente é hoje, pelo que aprendemos, pelos desafios que passamos, pelas dificuldades e problemas. agradecer os amigos que se tem, a nossa família, as coisas boas da vida.
3. nunca deixar de sonhar. confiar em si mesmo. acreditar que a gente pode alcançar os sonhos. e ter fé, muita fé.
4. nunca perder o bom-humor. em qualquer situação.
5. reconhecer seus erros. pedir perdão por alguma falha. e perdoar.
6. nunca guardar mágoas. perdoar. de novo. seja quem for. é difícil pra caramba, mas dá uma leveza na alma depois.
7. arriscar mais.
8. ensinar o que se sabe e ter humildade pra aprender algo que não se sabe.
9. ter paciência.
10. ser generosa de coração.
11. não se colocar superior a ninguém. nem inferior. afinal, somos todos iguais.
12. saber que 'ser bom não é 'ser trouxa'. pode ter certeza que se tu for o segundo, vão pisar em você.
13. aprender qual é a hora melhor de ouvir. e a de falar.
14. confiar em poucos (e bons). e aí entra a intuição também. porque uma vez perdida a confiança na pessoa, dificilmente voltaremos a confiar de novo.
15. entender que quando se tem dinheiro na jogada e as pessoas percebem que podem perdê-lo (ou que você pode sair ganhando mais do que elas) elas deixam de gostar de você.
16. ser feliz. e fazer quem a gente gosta feliz também.
17. arrumar forças dentro de si, forças que antes nem imaginávamos ter, pra enfrentar os desafios e batê-los de frente.
18. descobrir pessoas incríveis.
19. perceber quem é amigo de verdade e quem só quer tirar vantagens de você. hoje eu vejo que quem ficou na minha vida são os verdadeiros amigos.
20. colocar pra dentro da vida da gente pessoas que mudaram ela pra melhor. e ficar feliz que, pelo menos um pouquinho só, deixei algo de bom pra elas também.

sem lamentos. só gratidão. muita gratidão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário