terça-feira, 14 de abril de 2015

ainda bem.

Ainda bem que há dias de chuva para lavar a alma da gente. E terças mornas pra balancear os prós e contras da vida. Ainda bem que há livros e músicas que mexem lá dentro de nós; e filmes que sentimos com o coração. Ainda bem que há flores. Cores. Amores. Amor. Ainda bem que tem muito dele em mim.

Nenhum comentário:

Postar um comentário