Tempo de primavera

 
Lá fora o sol brilha intensamente, depois de dias de chuva e frio. A primavera dá as caras, as ruas, parques e praças colorem-se de flores e o perfume delas exala pelo ar. As pessoas se tornam mais felizes, e uma leve expectativa surge em mim de dias melhores. Essa estação perfumada e delicada é também sinônimo de reinício, de reparo, seja da natureza ou mesmo, de nossas vidas. E o recomeço de algo é sempre muito bom! Nos faz pensar em quem fomos até o momento, consertar erros, mudar planos e dar início a outros, acreditar mais em si mesmo, se apaixonar, sonhar mais.

Saudemos então, a primavera que chegou de mansinho, dando um colorido a mais à alma de cada ser.

Para finalizar, deixo um poema de minha autoria, em homenagem à estação das flores e enamorados:

Primavera enfim chegou
Rejuvenescendo nossa alma
Ipês, azaléias e margaridas enfeitam a cidade
Meninos e meninas brincam nos jardins
A vida torna-se mais doce
Ventos levam embora as tristezas do inverno
E meu coração se aquece de amor
Recomeça assim, uma nova era
Àquela que almejei por tanto tempo.

Comentários

  1. Adoro a primavera.
    Deixa as cidades todas coloridas pelas flores e dá uma sensação mais agradável mesmo.

    Gostei do seu poema, da forma que escreveu e deve ter dado um trabalho fazer a palavra primavera aparecer na vertical

    ResponderExcluir
  2. Espero que a primavera tenha o poder de contagiar-me com o ânimo que emana de ti, e que a ela atribuis!!!
    Talvez seja possível, haja visto que de tão otimista e esperante que pareces, já começo a te desejar coisas boas!
    Bonito, o poema... bonito como flores de primavera!
    Abraços e sorte com suas perspectivas!!!

    ResponderExcluir
  3. Primavera é linda não?! eu sou apaixonada pela luz da primavera!

    ResponderExcluir
  4. Parabéns pela sua snsibilidade nas palavras!
    Muita luz em teu caminho!
    Flávio.

    www.flaviosobreiro.arteblog.com.br

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

De repente, 30!

Instabilidade emocional

Pois é, Trintei!!