Coisas que acontecem

Gafes, micos são inevitáveis em qualquer viagem. Mesmo tendo o maior cuidado para não cometê-las, às vezes elas acontecem. Especialmente se estamos em um país que fala uma língua diferente da nossa. Sempre há alguém que fala ou faz algo errado, e que no entanto se torna muito engraçado ao contá-lo depois (apesar da vergonha momentânea). Aconteceu algo engraçado comigo aqui na Espanha. Ou quase aconteceu, digamos assim.

Estou muito acostumada em dizer, em português, "Que calor! "Está muito quente hoje" e no espanhol traduzi ao 'pé da letra' e ficou: "Está muy caliente hoy". Por sorte falei isso para pessoas que não notaram a diferença, por provavelmente não saberem que estava errado ou não terem prestado atenção. Até que um dia eu falei na aula algo semelhante e a professora corrigiu o erro dizendo que não podemos usar 'caliente' dessa forma, mas só para comidas e coisas. Porque dizer "está muy caliente" quer dizer 'querer sexo'. Sim, isso mesmo. Seria engraçado eu falar a algum rapaz espanhol isso, obviamente querendo dizer que estou com calor, mas sem saber o real significado (na real, seria trágico-cômico), mas graças a minha professora, agora sei como devo falar corretamente. Santa professora!

As palavras pregam peças. Em outro idioma então, nem se fala.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

De repente, 30!

Instabilidade emocional

Pois é, Trintei!!