Alegria de primavera


Do céu azul à brisa que bate no rosto;
Das roupas mais frescas;
Das temperaturas mais elevadas;
Do amor que transborda no peito dos enamorados;
Dos meus espirros intermináveis;
Das flores que desabrocham, colorindo a cidade;
Dos dias mais longos;
Da saudade daquele sorriso que enternece meus dias...

Assim, setembro se despede com gostinho de início de primavera.

Comentários

  1. "Quando entrar setembro e a boa nova andar nos campos..."
    Setembro é assim, nos traz coisas boas que perduram por todas as outras estaçoes!!!
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Amei conhecer esse espaço de ternura...adoro lêr o amor feito em poesia..
    te sigo

    Abraços carinhoso

    Preciosa Maria

    ResponderExcluir
  3. Aiai, essa prima Vera não sabe se vai ou se fica!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

De repente, 30!

Instabilidade emocional

Pois é, Trintei!!