2016, gratidão.

2016, ufa! Foi de tirar o fôlego! Comecei o ano com tantos objetivos. Tive desafios e preocupações, mas acima de tudo, aprendi a apreciar o momento. Estar presente de corpo, mente e coração no agora. Foquei no que realmente importa pra mim. Confiei na pessoa responsável pelo
meu próprio destino (eu mesma). Descobri o real sentido de ser a protagonista da minha própria história. Enxerguei oportunidades nas dificuldades. Engoli orgulhos. Enfrentei medos antigos. Lutei contra a ansiedade. Corri muitos quilômetros só para provar pra mim mesma que limites existem para serem quebrados. Escutei minha intuição (e me deixei levar por ela). Entendi o real sentido de "entusiasmo" nas coisas que vêm do coração. Optei por aquilo que me faz vibrar e coloquei toda a energia a meu favor, encontrando muito mais "sins" do que "nãos" no caminho. Conheci pessoas incríveis que me levaram a outras mais incríveis ainda. Me deparei com um outro lado meu, mais maduro, criativo, cheio de projetos para mudar o mundo.

Entre tanto cair e levantar, encontrei meu equilíbrio e a minha melhor versão. Fui apenas eu mesma todo o tempo, mas de um jeito mais extraordinário que antes. Me conectei com minha essência, movimentei a vida. Em retribuição, ela vai devolvendo esse ir e vir, fluindo em ritmo crescente. E me levando cada vez mais além.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

De repente, 30!

Instabilidade emocional

Pois é, Trintei!!