Às vezes o amor é tão complicado

Era aniversário dele. Não sabia se ligava pelo menos para desejar "Feliz Aniversário". E se, com essa ligação tiver uma recaída? Pensou um pouco e, ligou. O carinho que ela tinha por ele era tanto que valia à pena arriscar. Ele atendeu. Ficou feliz em receber a ligação. Pelo menos foi o que sua voz demonstrava. Queria vê-la. Precisava abraçá-la, beijá-la, tocá-la... Ela disse que não podia, que estava com muitos afazeres e não sabia se teria tempo disponível. Era uma desculpa. E como isso doeu ao dizer a ele. Ela o amava e também queria vê-lo, mas naquela situação em que estavam, não podiam continuar, não podiam se encontrar. Seria pior. Quando isso terminaria, ela não sabia. Queria esquecê-lo mas, ao mesmo tempo, sentia-se muito bem ao lembrar dele e de todas as coisas que passaram juntos, por tanto tempo, tantos anos. Um sonho do qual ela não queria acordar nunca. Gostava do jeito que ele conversava com ela, a pegava no colo, a abraçava... Carinhoso, gentil, atencioso, amigo. Ele tinha todas as características de um homem que ela almejava para si... Mas não podia tê-lo, não daquele jeito. Assim, despediu-se, desejou que ele se cuidasse e disse que se falariam em breve. Porém ela já não tinha mais tanta certeza se esse "breve" chegaria.

Comentários

  1. Puxa! Que texto!!
    Gostei, mesmo!!!
    Você tá até na minha lista de blogues favoritos, e por conhecidência, fikei de postar aki na Comu do Orkut.
    xD
    Gostei da história.
    xD
    abraços.

    ps: a história é verídica?

    ResponderExcluir
  2. Olá boa tarde!
    Bom adorei o texto tipico de mulher he qr não qrendo dúvidas e mais dúvidas, mas o texto está bem elaborado e blog tmbm passa lá no meu t+
    abraços

    ResponderExcluir
  3. Uma linda história. O amor é realmente algo confuso, doloroso, mas sem ele nós não vivemos.

    Parabéns pelo blog!

    ResponderExcluir
  4. E agora a gente fica repassando cada segundo da conversa no telefone que possa demonstrar se vale a pena tentar de novo.
    É sempre assim!
    :X

    http://sickyouth.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Sei lá, talvez valha a pena arriscar só mais uma vez!!

    ResponderExcluir
  6. O fato de estar explícito o receio dela em encontrá-lo, sabendo que há uma grande possibilidade de ter uma recaída caso o fizesse, nos mostra que há uma incoêrencia no final do texto:"Carinhoso, gentil, atencioso, amigo!! Ele tinha todas as características de um homem que ela almejava para si", se ele demonstrava todas essas características em relação a ela, por que ela tinha tanta certeza que eles não ficariam juntos?
    Talvez ela gostasse de sofrer? Pois para não querer mais o encontrá-lo deve ter tido um grande motivo para tal!

    ResponderExcluir
  7. Muito legal!

    Conheço essa foto! hehe
    Beijos!

    ResponderExcluir
  8. Complicado?
    Inesplicável?
    Incompreendido?
    Já nem sei mais como chamar esse tal de amor...

    Vamos comentar na Maçã, vamos, vamos...

    Vamos ler os posts, vamos, vamos...

    Vamos morder a fruta por que ela é muito boa...

    Hahaha.

    http://macacomlimao.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Vi seu blog em uma comunidade no orkut e resolvi passar por aqui. Gostei, linkarei e virei mais vezes.

    Abraço

    ResponderExcluir
  10. só as vezes?

    otimista demais!
    otimistas demais!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

De repente, 30!

Instabilidade emocional

Pois é, Trintei!!