Devaneios de amor

Um lindo dia, sol brilhante, céu azul, PEQUENOS PÁSSAROS voavam pelos cantos das árvores e MADAME BOVARY descansava a beira do lago divagando sobre o amor, CORAÇÕES E VIDAS, temas tão complexos. Lembrava dos tempos de criança, na escola. Sonhadora! Acreditava que HOMENS E ANJOS eram criaturas semelhantes. Aquelas MEMÓRIAS DE UMA MENINA CATÓLICA eram tão intensas que fizeram-na se emocionar. Recordava-se das aulas e dos mestres que a ensinaram tantas coisas. MRS. DALLOWAY, sua professora preferida, certa vez deu a tarefa à turma de escrever TRÊS CONTOS para a próxima aula. Era um concurso de melhores histórias. Naquela época, enviava CARTAS A UM JOVEM POETA, seu primo que foi estudar na França. Se correspondiam todos os meses. Resolveu, então, em um desses contos, colocar uma dessas cartas, a que mais se destacava entre as outras: A CARTA DE AMOR. O amor de uma adolescente de 13 anos e seu primo. Um amor inocente, juvenil. Naqueles papéis exalavam O PERFUME DE JITTERBUG, seu amado. O primeiro amor! A história, embora encantadora, ficou em segundo lugar, atrás da colega JOANA D'ARC que escreveu as travessuras de um menino, o tal TALENTOSO RIPLEY, o qual fez o maior sucesso na turma. Essa foi a primeira de muitas frustrações em sua vida.
Voltando de seus devaneios, se deparou com alguém espionando-a atrás de uma árvore. Era um rapaz, o mesmo que saiu das águas geladas do lago. "UM ESPIÃO QUE SAIU DO FRIO", pensou e riu lembrando instantaneamente de uma vez, no auge de sua adolescência, nO DELTA DE VÊNUS, em um de seus encontros escondidos com o amor juvenil, alguém os espionava. Não pôde ver quem, mas parecia que era uma mulher. UMA ESPIÃ NA CASA DO AMOR, só podia ser...

**Conto feito a partir do livros que estão participando do "L.E. 'A CARTA DE AMOR'." - Comunidade Livro Errante, do orkut.

Comentários

  1. Nossa, muito bonito mesmo... É impressionante como amor é sempre atemporal, o assunto preferido de todas as milhões de gerações que já vieram e que hão de vir.

    parabéns pelo blog, muito bonito mesmo.

    http://farmaco-fobia.blogspot.com

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

De repente, 30!

Instabilidade emocional

Pois é, Trintei!!