quinta-feira, 22 de novembro de 2012

dos silêncios que gritam.

 

nada de palavras.
somente um silêncio que falou tudo
e calou profundo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário