Um pequeno incidente

Peço desculpas pelo vazio que deixei por aqui nesse últimos dias. Vida um pouco agitada, contos pra criar, falta de inspiração (a razão principal dentre tantas) e um peixe para cuidar. Sim, arrumei um animal de estimação por esses dias. Minha tia foi viajar e meu priminho ficou com nós, trazendo de brinde Bob Peixe. E que semana agitada ele teve conosco! Teve uma quase tentativa de assassinato (sendo que a assassina não quis cometer o crime). A história seria engraçada se não tivesse sido tão tumultuada.
Tudo começou quando resolvi preparar um chá para mim depois do almoço. Fui pegar uma xícara na prateleira como sempre faço mas, não sei como nem porque, uma xícara de café apareceu do nada na frente e, desequilibrou-se caindo adivinha aonde? Sim, exatamente em cima do canto do aquário. Foi caco de vidro e água para tudo quanto é lado! Desgraça pouca é bobagem, eu sei! Quando eu vi tinha água por toda a pia e o Bob, coitado, pululando agoniado por falta desta no resto de aquário que sobrou. A primeira coisa que fiz foi salvar a vida do bicho (tudo pelo bem da natureza e pra não ver meu priminho chorar). Ok, peixe colocado em uma "casa" provisória. Mais tarde fui comprar uma casa nova pra ele, para assim aliviar o peso na minha consciência.

Cheguei em casa e fui logo arrumá-lo em seu novo lar. Mas, no decorrer do dia Bob andou completamente apático. Eu não sabia se tinha se ferido ou estava emburrado comigo. No dia seguinte, o Gabi (meu primo) foi dar comida pra ele como de costume, porém a criaturinha rejeitou a comida. Logo quem para não querer comer, pois antes do "acidente" era alguém se aproximar do aquário que ele ficava louco para ganhar comida. Nesse dia foi diferente! Continou apático e sem apetite ainda por cima. "Pronto, matei o peixe!", foi o que pensei. E o Gabi ainda sai com essa: "Meu peixe era azul e tá preto!". Ai, meu Deus o que foi que eu fiz? Desesperadamente fui à Pet Shop perto de casa levar o bendito e ver o que tinha. Minha mãe já queria trocar por outro, mas me deu dó de fazer isso e, o rapaz da loja examinando-o disse que estava bem e saudável, no máximo poderia estar estressado pelo susto que levou. Era só o que faltava, um peixe estressado. Mais um pouco achei que teria que levá-lo a algum terapeuta de animais, se é que isso existe. O engraçado é que, quando eu o levava na Pet, "seu" Bob ficava todo faceiro e se mexia pra lá e pra cá, chegando em casa, se tornava paradão e sem apetite. Parecia uma vingança do tipo: "tu quis me matar, agora vou aprontar contigo" ou coisa assim.

Bom, resumindo, depois de várias idas à Pet e muitas rezas, enfim descobrimos que, o que estava deixando-o mal era a água que estava muito ácida. Comprei um tal de cloreto de não sei o quê e coloquei as tais 8 gotas recomendadas. Bob melhorou em questão de minutos. O apetite voltou vorazmente e, cada vez que chegamos próximo ao aquário, se remexe todo feliz.

Nessa "aventura" acabei apegando-me a esse peixinho. Acho que começo a entender quando dizem que é fácil se prender a um bicho de estimação, mas não imaginei que com um simples peixe aconteceria isso também. Me deu até certa nostalgia dos tempos que tinha o Micke, também um peixe beta, pena que este tenha durado apenas três semanas (mas eu não o matei, juro! Morreu sozinho. Até hoje nunca entendi porque ocorreu isso, mas acho que o Bob fez-me superar o trauma).

Pena que chegou a hora dele voltar para sua casa. Poxa, justo agora que havíamos feito "as pazes"! A cozinha ficará vazia sem Bob.

Acho que vou comprar um peixe pra mim.

Comentários

  1. como dizia woody allen:
    "igual a td na vida" ;)


    --
    http://raciocinioquebrado.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. KKKKKKKKKKKKKKKKKKK.Pobre peixe....
    ainda bem que tudo acabou bem e seu antigo Beta deve ter morrido por ser velhinho.Aquele tipo de peixe é muito resistente e são capazes de viver ate num copo com agua.Já tive vários e duram aproximadamente uns 3 anos...bjs

    ResponderExcluir
  3. Isso me fez lembrar meu peixinho Bob(eu tive um peixinho Bob!haha!)
    Lindo teu blog!

    ResponderExcluir
  4. Peixes são boa comida. Sushi.

    Como animais de estimação, não promovem nenhuma interação... mas mesmo assim, é divertido olhar...
    =o)

    ResponderExcluir
  5. coitado do peixinho ...
    eles mostram uma serenidade uma tranquilidade
    sem fugir do clichê adorei o seu canto

    ResponderExcluir
  6. kkkkkkkkkkkkkkkkkk... eu também ja tive um peixe... o Nemo... era betta também... ele durou até que muito hehehe...


    Abraços
    Cisco
    www.borarir.net

    ResponderExcluir
  7. Se nao fosse trágico seria cômica a situação, rsrs! Já tive peixes,por mais de um ano, o primeiro morreu de velho, dpois diso nao dei mais sorte, so comprava peixe doente e quando acertei na escolha desesti da criação pos "assasinei" os meus com conchinhas da priaia q coletei e coloquei no aquario!!! Agora acho mais fácil os cães, ao menos sem tanta complexidade do que peixinhos!!!! bjos!!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

De repente, 30!

Instabilidade emocional

Pois é, Trintei!!