Ainda bate

Decepções, lágrimas, tristezas, desilusões...
E meu coração continua a bater!
Seria otimismo, confiança num amor real, sem barreiras, que um dia chegaria, enfim?
Ou talvez, uma reclamação, contestando merecer um pouco de paz?
Por ventura, poderia estar suplicando trégua por tanto sofrimento.
Já não sei.

Nele há excessivas cicatrizes difíceis de fechar.
Está remendado, triturado, ensangüentado...
Há dor!
Mesmo assim, ainda bate!

Por acaso seria um pedido de ajuda?
Talvez!

E o que fazer para salvá-lo?
Creio que não exista cura pra isso.
Dor de amor nem com outro, nem com mil amores podem salvar este coração.
Quiçá, poderá melhorar com o mesmo que, um dia deixou-o assim.
Contudo, ele não têm mais esperanças quanto a isso...
Embora continue batendo.

Comentários

  1. Bom dia!

    Muito sinceras e profundas as suas palavras.

    Espero que, se não encontrar a cura apra a dor de amor, encontre conforto...

    Parabéns pelo teu blog!

    ResponderExcluir
  2. Parabéns pelo texto. Muito bom e muito bonito.

    Só tenho um comentário: dor de amor se cura sim, quando menos você espera e da maneira mais boba. Um dia, você acorda e aquela do foi embora...
    Já curei algumas assim...

    bjks!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

De repente, 30!

Instabilidade emocional

Pois é, Trintei!!