segunda-feira, 23 de janeiro de 2017

Da janela, a brisa balança a vida, bagunça cabelos e (re)mexe sentimentos. O ar marinho traz calmaria. A mente divaga entre o que foi e o que será, mas é no agora que ela se encontra mais. A paz vem de dentro. Lá fora, o mar. Aqui dentro, A-MAR.

Nenhum comentário:

Postar um comentário