filosofando.


Na pressa em tentar me definir e tentar saber quem sou, esqueci que vale mais à pena descobrir o que quero ser. E o melhor da vida não são nossas grandes mudanças, mas sim as pequenas transformações que nela ocorrem, no dia a dia, e nos fazem incrivelmente bem. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

De repente, 30!

Instabilidade emocional

Pois é, Trintei!!