de fevereiro e dos seus finais.


falta de poesia no dia não é bom sinal. muito trabalho, muito estresse, cansaço não dão tempo pras coisas simples do dia.

fevereiro foi um mês cheio. nem por isso ruim. só um pouco mais tumultuado que o normal. foi tipo, crônica de jornal. sobre economia. ou política. meio chata, meio entediante. cansativa de se ler. mas fundamental pra se saber.

e agora, fevereiro está quase terminando. hora de mudar o mês (de novo). que março venha numa sinfonia de jazz. com finais de tarde lindos de outono. numa bela crônica humorística, ora transformada em prosa. e sem esquecer jamais da poesia.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

De repente, 30!

Pois é, Trintei!!

Instabilidade emocional