Para entrar leve no ano novo.

 

Sabe arrumar as gavetas no fim do ano? Pois é, mas são das de dentro de mim que me refiro. Nesses últimos dias estava uma confusão aqui dentro. Sentimentos amassados, velhos, sem sentido. Alguns novos e pré-usados, outros a descobrir. Sono perdido, ideias em desordem. Aí eu comecei a organizar. Missão difícil, mas não impossível. Então, coloquei tudo num papel. No início deu um desespero: 'por onde começar?' Parece que ficou mais confuso ainda. Depois de um tempo, consegui. Risquei tudo o que já não combinava mais comigo, tipo mágoas, decepções, tristezas. Repensei as ideias, coloquei as melhores em um papel mais bonito, para usá-las sempre que eu precisar, no próximo ano. As ruins, joguei fora afinal, já não servem mais. Separei o velho do novo,  reciclei pensamentos, recordei sentimentos, arquivei lembranças boas. E já me sinto bem melhor.

Assim, parto ao próximo ano mais renovada e muito mais leve.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

De repente, 30!

Instabilidade emocional

Pois é, Trintei!!