Das minhas inquietações...


Como pode alguém
ter tido tantas e tantas desilusões amorosas
e mesmo assim acreditar (muito) no amor
e nas histórias apaixonadas?

E ainda, querer se apaixonar
de novo
como se fosse a primeira vez?

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

De repente, 30!

Instabilidade emocional

Pois é, Trintei!!