poemando.

Ei você, que só espera um sinal.
Olhe para mim 
Com sutileza
Fale com leveza
Sorria com doçura
Assim talvez, eu te reconheça
E descubra, que enfim
É você que eu sempre quis.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

De repente, 30!

Pois é, Trintei!!

Instabilidade emocional