terça-feira, 9 de setembro de 2014

poemando.

Ei você, que só espera um sinal.
Olhe para mim 
Com sutileza
Fale com leveza
Sorria com doçura
Assim talvez, eu te reconheça
E descubra, que enfim
É você que eu sempre quis.

Nenhum comentário:

Postar um comentário